Semana Santa na Diocese Anglicana do Recife – Catedral Anglicana do Bom Samaritano

No dia 14 de abril a Catedral Anglicana do Bom Samaritano celebrou o Domingo de Ramos, que dá início à Semana Santa. A celebração inicia-se com a aclamação do “Hosana”, quando acolhemos Cristo com palmas e cânticos e ela termina com os clamores da Paixão, com a leitura do Evangelho da Paixão e a memória da morte de Jesus no Calvário. Dessa forma, o Domingo de Ramos é um resumo dos eventos da Semana Santa, que nos prepara para a celebração da Paixão, Morte e Ressurreição de Cristo.

Na Quinta-feira da Semana Santa o povo e o clero da Diocese Anglicana do Recife se reuniu na Catedral do Bom Samaritano para celebrar a Liturgia da Unidade da Igreja juntamente com a Memória da Última Ceia. Nesta celebração foi realizada a Renovação dos Votos Sacerdotais do clero diocesano; a Bênção dos Óleos do Batismo, das Pessoas Enfermas e do Crisma; a cerimônia do Lava-pés; e a Instituição Eucarística. Ao final, o altar foi desnudado de todos os seus paramentos, os ícones foram cobertos e as luzes apagadas, com todas as pessoas saindo em silêncio do templo. Momento de reflexão e serenidade, quando Cristo e seus discípulos saíram para o Monte das Oliveiras, dando início à sua Paixão.

 

Aconteceu no dia 19/04, a celebração de Sexta-feira da Paixão na nossa catedral. A Sexta-feira Santa ou Sexta-Feira da Paixão é uma data religiosa cristã que relembra a crucificação de Jesus Cristo e sua morte no Calvário. De acordo com os relatos nos evangelhos, os guardas do templo, guiados pelo apóstolo Judas Iscariotes, prenderam Jesus no Getsêmani. Depois de beijar Jesus, o sinal combinado com os guardas para demonstrar que era o líder do grupo, Judas recebeu trinta moedas de prata (Mateus 26:14-16) como recompensa. Depois da prisão, Jesus foi levado à casa de Anás, o sogro do sumo-sacerdote dos judeus, Caifás. Sem revelar nada durante seu interrogatório, Jesus foi enviado para Caifás, que tinha consigo o Sinédrio reunido (João 18:1-24).

Aconteceu no dia 20/04, a Vigília Jovem na nossa catedral. O momento contou com vários momentos de palavra, louvor e adoração.

Aconteceu no dia 21/04, a celebração de Domingo de Páscoa na nossa catedral. O momento contou com vários momentos de palavra, louvor e adoração. Páscoa ou Domingo da Ressurreição é uma festivida de religiosa e um feriado que celebra a ressurreição de Jesus ocorrida três dias depois da sua crucificação no Calvário, conforme o relato do Novo Testamento. É a principal celebração do ano litúrgico cristão e também a mais antiga e importante festa cristã. A data da Páscoa determina todas as demais datas das festas móveis cristãs, exceto as relacionadas ao Advento. O domingo de Páscoa marca o ápice da Paixão de Cristo e é precedido pela Quaresma, um período de quarenta dias de jejum, orações e penitências.

O termo “Páscoa” deriva, através do latim Pascha e do grego bíblico Πάσχα Paskha, do hebraico (Pesaḥ ou Pesach), a Páscoa judaica.