Via Sacra em escola pública do Recife

Via Sacra Ecumênica com M.P. Elinaldo Almeida
Via Sacra Ecumênica com M.P. Elinaldo Almeida

O ministro pastoral Elinaldo Almeida, membro da Ordem dos Oblatos Anglicanos de São bento, representando a Diocese Anglicana do Recife, participou da Via-Sacra Ecumênica, no dia 15 de abril, na Escola de Referência em Ensino Médio Aníbal Falcão, da rede de ensino do Governo de Pernambuco. Os temas abordados pelos alunos nas 14 estações da Via-Sacra foram: o desemprego, fome, guerra, homofobia, preconceito, exploração de menores, aborto, drogas, alcoolismo, violência urbana e violência contra as mulheres. Os professores da escola refletiram sobre educação, injustiça, família e meio ambiente. Esses temas foram contextualizados com as estações da Via Sacra, onde teve sua culminância com uma celebração com a participação do Professor Francisco, seminarista representando a Igreja Batista e do ex-aluno Charles, Seminarista representando a Igreja Católica. Foi um momento significativo para toda escola, principalmente para o corpo discente, que participou desse acontecimento como uma grande novidade e evangelismo, quando vivenciaram o espírito fraterno do Cristo Ressurreto.

Dom João Peixoto visita Natal-RN

Confirmação por Dom Peixoto
Confirmação por Dom Peixoto
No sábado, dia 21 de março de 2014, anglicanos da Paróquia da Virgem Maria se reuniram durante todo o dia para discutir o tema “A Identidade Anglicana”. Com várias temáticas discutidas com o Rev. Nazareno, Rev. Gecionny, ML. Williams, João Paulo e Wanderson. No final de semana seguinte, o Revmo. Dom Peixoto cumpriu extensão programação: no sábado, Confirmação na Comunidade Quilombola Moita Verde, abrindo oficialmente o Ponto Missionário do Bom Samaritano, sob a liderança do Frei André Lima, e abertura da Capela Anglicana da Inclusão, no Parque dos Coqueiros, sob a liderança do Frei João Paulo. No Domingo, encontro ecumênico com o Pe. Paulo Henrique, no Seminário de São Pedro, seguido de encontro com a Irmã Aurélia e reunião com o clero, ministros pastorais, seminaristas e aspirantes de Natal, na Capela Ecumênica da UFRN. À noite, Santa Eucaristia com Confirmação e inauguração da galeria dos bispos da Diocese Anglicana do Recife.

Ministro Pastoral desenvolve trabalho sobre cultura da paz em escola pública do Recife

M.P. Elinaldo em evento de cultura de paz
M.P. Elinaldo em evento de cultura de paz

Os alunos da Escola de Referência em Ensino Médio Aníbal Falcão, da Rede Estadual de Ensino, localizada no bairro de Tejipió, no Recife, participaram, em dezembro de 2013, pela primeira vez, de uma Celebração Ecumênica promovida pelo Grupo Ecumênico de Jovens com Cristo. A iniciativa faz parte do trabalho de evangelização e cultura da paz desenvolvido pelo Ministro Pastoral Elinaldo Almeida, da Diocese Anglicana do Recife e membro da Ordem dos Oblatos Anglicanos de São Bento (OSB), com apoio da gestora do educandário, professora Maria Aparecida, com os alunos da escola.

Além de Elinaldo, que é professor da escola e representou a Diocese Anglicana do Recife no evento, estiveram presentes o Padre Iresmar, pároco da Igreja de São João, do Sancho, representando a Igreja Católica, e o Pastor Henrique Estima, representando a Igreja Brasil Para Cristo. O trabalho pastoral na Escola Aníbal Falcão, foi motivo de reportagem realizada pela repórter Lorena Gomes, da TV Jornal, afiliada SBT no Recife, que vinculou a matéria a um documentário sobre a violência nas escolas e sobre o Projeto Cultura da Paz, desenvolvido pelo Ministro Pastoral Elinaldo Almeida, que tem repercutido satisfatoriamente no Governo do Estado de Pernambuco. Continue lendo “Ministro Pastoral desenvolve trabalho sobre cultura da paz em escola pública do Recife”

Visita ao Arcebispo de Olinda e Recife

Encontro com Dom Fernando Saburido
Encontro com Dom Fernando Saburido

O Bispo Primaz da Igreja Episcopal Anglicana do Brasil (IEAB), Dom Francisco de Assis da Silva e o novo bispo da Diocese Anglicana do Recife, Dom João Câncio Peixoto Filho, foram recebidos em audiência pelo Arcebispo católico romano Dom Fernando Saburido, da Arquidiocese de Olinda e Recife, O encontro aconteceu na sexta, 13 de dezembro, véspera da sagração de Dom Peixoto, no Palácio de São José dos Manguinhos, sede da Cúria Metropolitana. A audiência, que também contou com a participação do reverendo Félix Batista Filho, serviu para estreitar os laços de amizade e ecumenismo entre a Igreja Anglicana e a Católica Romana no Recife. O grupo anglicano ainda teve um encontro com o vigário-geral da Arquidiocese, Monsenhor Albérico Bezerra.

Comunicado dos bispos Anglicanos e Vétero-Católicos da Europa

Irmãos e Irmãs em Cristo,

Na Assembleia Geral da Conferência das Igrejas Europeias (CEC/KEK), que decorreu de 3 a 8 de Julho, foi tomada uma decisão significativa para as nossas igrejas membros Anglicanas e Velho-Católicas. Esta decisão não teve muita publicidade, mas tem, no entanto, muita importância para a nossa identidade dentro do cenário cristão europeu. Foi o reconhecimento formal de que Anglicanos e Velho-Católicos podem ser tratados como uma só família dentro do movimento ecuménico que a CEC/KEK representa.

Este reconhecimento deve-se largamente ao trabalho de um membro da Igreja Católica Suíça de Cristo (Swiss Christ Catholic Church), a Diácona Ulrike Henkenmeier. Ela apresentou a proposta e convenceu a Assembleia de que se a CEC/KEK desejava que as Igrejas se agrupassem em famílias, fazia sentido eclesiológico nós, Anglicanos e Velho-Católicos, estarmos na mesma família. As nossas Igrejas são Igrejas Católicas. Partilhamos uma identidade como Igrejas Católicas sinodais e reformadas. Somos reformadas no sentido e que nos restaurámos, no caso Anglicano através de uma reforma, e no caso Velho-Católico através da resistência à autoridade centralizada da Igreja na Cúria Romana, o que consideramos ser a expressão autêntica da Igreja Una Santa Católica e Apostólica de Jesus Cristo. Graças à Diácona Ulrike a sua moção na CEC/KEK providenciou um momento educativo para muitos membros de outras Igrejas que não estavam cientes do relacionamento de comunhão que entre nós existe ou da nossa auto-compreensão como Igrejas Católicas. Continue lendo “Comunicado dos bispos Anglicanos e Vétero-Católicos da Europa”

Mulheres Ecumênicas na Comissão sobre o Status das Mulheres: desafios de viver no mundo de Deus Pai/Deus Mãe sem violência de gênero

Por Ilcélia Alves Soares
SADD – Serviço Anglicano de Diaconia e Desenvolvimento

As Mulheres Ecumênicas estão presentes na Comissão das Nações Unidas sobre o Status da Mulher (CSW UN) desde 2000. É uma coalizão internacional de igrejas e organizações ecumênicas junto ao Conselho Econômico e Social da Nações Unidas (ECOSOC).

Como organizações baseadas na fé, elas admitem que, historicamente, algumas instituições e comunidades de fé criaram e perpetraram uma narrativa de subserviência das mulheres e meninas, através de seus ensinos e práticas em relação as estruturas patriarcais. Além disso, elas reconhecem a sua responsabilidade e, também hoje, a capacidade de prevenir a violência e defender as mulheres e meninas como criadas à imagem de Deus e igual a dos homens e meninos.

As Mulheres Ecumênicas, representando 29 países, sendo o Brasil um deles, e 18 Comunidades de Fé, entre elas a Comunhão Anglicana, estavam presentes na quiquagésima sétima reunião sobre o Status da Mulher (CSW57), nas Nações Unidas, durante o periodo de 04 a 15 de março de 2013. Antes desse evento, no dia 02 de março, realizou-se o primeiro encontro em Nova Iorque com o propósito de reunir essas representações para celebração e diálogo em defesa dos direitos das mulheres nos campos político, econômico, civil, social e educacional. Continue lendo “Mulheres Ecumênicas na Comissão sobre o Status das Mulheres: desafios de viver no mundo de Deus Pai/Deus Mãe sem violência de gênero”

Comunidade anglicana potiguar celebra o dia do padre

Dia do Padre em Natal
Dia do Padre em Natal
A comunidade anglicana potiguar realizou no último dia 04/08/13, o dia do padre, com ato ecumênico na Capela Ecumênica da UFRN com a presença de padres de quatro igrejas: Igreja Episcopal Anglicana do Brasil, Igreja Católica Apostólica Brasileira, Igreja Católica Apostólica Independente e Igreja Católica Apostólica Independente de Tradição Salomoniana, com a presença dos Padres Gecionny, Francildo, Caio e Dimirson respectivamente.Da Igreja Anglicana também participaram o Rev.Diác.Nazareno, MP. Júnior Oliveira, bem como o seminarista Fernando.

A iniciativa faz parte do projeto de criação de uma fraternidade ecumênica de clérigos do RN, que vem sendo pensada para congregar os padres das várias igrejas católicas que atuam em Natal.

Reflexão de Marcelo Barros sobre a visita do Papa ao Brasil

Estou nesse momento indo para a favela de Santa Marta, no Rio, onde a Telesur, televisão bolivariana da Venezuela que transmite para toda a América Latina de lingua espanhola, colocou o seu estudio. Minha tarefa com eles é comentar a partir da teologia da libertação e da opção pelos mais pobres a visita do papa e a Jornada da Juventude.

Penso que nesse momento da Igreja, a simplicidade do papa Francisco chegou em bom momento e renova a esperança de muita gente. Entretanto, é bom e útil fazermos uma análise mais profunda dos acontecimentos dessa semana e da realidade da Igreja.

1 – Não podemos esquecer: a própria figura do papa é de Igreja Cristandade e a centralização que provoca em sua pessoa e em cada gesto (simpático) seu, no lugar de ajudar as pessoas a se aproximarem do evangelho, pode reforçar a estrutura eclesiástica e patriarcal e não o testemunho do Cristo simples, pobre e libertador.

Enquanto ele não renunciar a ser chefe de estado e monarca absoluto da cristandade medieval, pode fazer esses gestos simpáticos (que correm o risco de ser populistas), pode deixar papamóvel e andar de jipe ou querer estar mais perto do povo. Entretanto, será sempre um rei e como rei será visto.

Coerente com essa imagem de chefe de estado e rei, o arcebispo do Rio e os organizadores da viagem combinaram que o papa terá muito mais contato com o governo, autoridades políticas, elite econômica etc do que propriamente com a juventude. Com a juventude ele fará atos de massa e tradicionais – missa e via sacra. Com os líderes políticos e econômicos, terá encontros mais livres. Com os jovens, ele tem apenas um encontro com uma delegação de jovens que coordenam a jornada e sempre junto com padres e bispos. Não terá nenhum outro encontro mais dialogal com os jovens da Jornada. Continue lendo “Reflexão de Marcelo Barros sobre a visita do Papa ao Brasil”

Anglicanos e luteranos juntos pela primeira vez em assembleia

Primaz Anglicano, Arcebispo Fred Hiltz, e Bispa Nacional da ELCiC, Bispa Susan Johnson
Perto de 1.000 anglicanos e luteranos de todo o Canadá vai ser reunir em Ottawa, em julho, o que o primaz anglicano, arcebispo Fred Hiltz, diz que é um “momento histórico e emocionante” na história da igreja.

Pela primeira vez desde 2001, quando foi assinada uma declaração de plena comunhão, a Igreja Anglicana do Canadá (ACC) e da Igreja Evangélica Luterana no Canadá (ELCiC) vão realizar uma assembleia conjunta de 03 a 07 julho, no Centro de Convenções de Ottawa.

Com o tema “Juntos para o amor do mundo”, que vai ser um encontro muito diferente de qualquer outra reunião”, diz o arcebispo Hiltz e a bispa luterana nacional Susan Johnson.

Cada igreja ainda vai realizar sessões separadas para lidar com as eleições e assuntos específicos das igrejas, mas vão se unir para o culto e as questões de interesse comum.

Diz o Revmo. Peter, Deão da Diocese Anglicana do Niágara e co-presidente do comitê de planejamento conjunto, juntamente com o Bispo da ELCiC, Michael Pryse: “Vamos aprender juntos sobre o trabalho emocionante na missão e ministério acontecendo em ambas as nossas igrejas – aqui no Canadá e em todo o mundo.”

Os delegados serão convidados a fazer declarações sobre duas questões prioritárias de justiça social: habitação acessível e extração de recursos responsável. Continue lendo “Anglicanos e luteranos juntos pela primeira vez em assembleia”

“Unidos no amor, com Jesus como ponto de referência”

Arcebispo Justin encontra Papa Francisco
Arcebispo Justin encontra Papa Francisco

Papa Francisco recebe no Vaticano o primaz anglicano Justin Welby
(Fonte:Agência Zenith)

Roma – A busca da unidade dos cristãos não é um objetivo de conveniência, nem puramente formal, mas algo que Deus mesmo quer com intensidade. Neste espírito, realizou-se no dia 14 de junho o encontro oficial no Vaticano entre o Papa Francisco e o Arcebispo de Canterbury, Primaz da Igreja Anglicana, Justin Welby.

O Santo Padre recebeu o chefe da Igreja da Inglaterra na Biblioteca Vaticana, onde Welby entrou acompanhado pela esposa e pela comitiva.

Dirigindo-se ao Arcebispo de Canterbury, o Papa Francisco recordou primeiramente o histórico encontro entre os seus respectivos antecessores, Michael Ramsey e Paulo VI, em 1966, e agradeceu ao primaz anglicano por ter rezado pelo bispo de Roma quando assumiu a liderança da Igreja da Inglaterra.

Francisco e Justin Welby começaram o seu ministério com poucos dias de diferença, respectivamente em 13 de março e 21 de março. Continue lendo ““Unidos no amor, com Jesus como ponto de referência””