XXXIII Concílio da Diocese Anglicana do Recife se encerra com avanços na inclusividade e no desenvolvimento da Igreja


De 12 a 15 de julho de 2018, delegados e delegadas das diversas comunidades, missões e paróquias da Diocese Anglicana do Recife se reuniram para decidir os rumos da Igreja Episcopal Anglicana do Brasil na região nordeste do país. 41 pessoas, do laicato e do corpo clerical, reuniram-se no Centro de Vivência Cristã da Catedral Anglicana do Bom Samaritano, no bairro de Boa Viagem, em Recife. Foram compartilhadas experiências entre as comunidades, discutida a situação da diocese, os diversos jeitos de ser Igreja, e maneiras de desenvolver a Igreja em direção aos valores do Reino de Deus. Com 37 votos favoráveis e 3 abstenções, a Diocese Anglicana do Recife aprovou o matrimônio igualitário, permitindo que pessoas do mesmo sexo possam receber o Santo Matrimônio nesta porção reformada da Igreja Católica e Apostólica de Cristo.
Continue lendo “XXXIII Concílio da Diocese Anglicana do Recife se encerra com avanços na inclusividade e no desenvolvimento da Igreja”

Exodus abandona a “terapia reparativa” para homossexuais

Fonte: Agência Latino-Americana e Caribenha de Comunicação (ALC)

Nova Iorque – Exodus International, apontada por críticos como uma organização homofóbica,não trabalhará mais pela “cura” da homossexualidade e abandonará a “terapia reparativa” porque não há comprovação de sua eficácia e por entender que ela não integra a “mensagem bíblica”.A reviravolta radical de Exodus foi anunciada na semana passada pelo seu presidente, Alan Chambers, durante a 37a. Conferência da organização.

Chambers argumentou que a terapia reparativa pode dar falsas expectativas a quem espera se “curar” da homossexualidade e que a organização está se desvencilhando dessa abordagem por achar que não se trata de uma mensagem bíblica. “Só porque você se torna um cristão, nem sempre suas lutas vão embora”, admitiu Chambers, segundo The Christian Post.

Doravante, ao invés de incentivar igrejas a formarem grupos de terapia reparativa, a Exodus proporá a atração de homossexuais para os cultos e demais atividades. Essa nova abordagem, argumentou Chambers, “é mais centrada em Cristo”.

Anna Luiza defende Tese de Doutorado na UFPE

Anna Luiza A. R. Martins de Oliveira defendeu com sucesso, no dia 13 de outubro de 2009, às 14h30 no Programa de Pós-Graduação em Educação da UFPE, no Centro de Educação da UFPE, sua Tese de Doutorado, com o tema “O discurso pedagógico pela diversidade sexual e sua (re)articulação no campo escolar”. A tese analisa o discurso pedagógico oficial sobre diversidade sexual em gestação no Brasil desde 2004, principalmente a partir da implementação do “Programa Brasil sem Homofobia” e como os profissionais da educação, especialmente professores e gestores, estão ressignificando e rearticulando este posicionamento no cotidiano escolar. Continue lendo “Anna Luiza defende Tese de Doutorado na UFPE”